domingo, 17 de julho de 2016

E SE DILMA TIVESSE AGIDO RÁPIDO CONTRA O GOLPE...



O governo turco rapidamente conteve o golpe no país e mandou logo prender todos os envolvidos independente do status que ocupavam...

Aqui no Brasil, um golpe contra a democracia estava sendo armado a luz do dia e propagado pela imprensa golpista sem a menor vergonha na cara. O vice era o articulador do golpe. Membros do parlamento descaradamente pregavam a saída da presidente...Membros do judiciário são declaradamente adversários de Dilma...Pagou-se R$ 45 mil para se forjar um parecer pelo impeachment baseado nas pedaladas fiscais que já foram derrubadas pelo MPF...

Talvez, se Dilma tivesse agido rapidamente como o presidente da Turquia fez, ela ainda estaria governando e todos esses golpistas estariam presos...

Mas, aqui, infelizmente,nesse caso, não é a Turquia...Mas bem que eu gostaria que fosse!


Professor Augustão do Revir@volta

sexta-feira, 15 de julho de 2016

SENADO NÃO PODE E NÃO DEVE CONDENAR DILMA...




Arquivamento do processo deve ser a melhor saída para os senadores diante das evidências claras de que Dilma é mais inocente do que nunca em relação aos crimes que lhe são imputados pelos golpistas.

Se o Senado não fizer isso, comete um crime também...Julgar e condenar uma inocente!



Professor Augustão do Revir@volta


Leia a matéria acessando o link abaixo:


quinta-feira, 7 de julho de 2016

RENUNCIA DE CUNHA FAZ PARTE DO GOLPE!



Se Eduardo Cunha e Michel Temer e mais os golpistas acham que ao renunciar ao cargo de Presidente da Câmara Cunha enganou-nos, ele pode esquecer. Já sabemos que tudo isso está no script do movimento golpista bastante articulado.

Como o atual presidente em exercício Valdir Maranhão encaminhou o pedido de abertura do processo de impeachment contra Temer e deu prazo de 5 dias para que os partidos indiquem os nomes para comporem a comissão, imediatamente Temer já buscou uma alternativa para frear o processo que é com a renuncia de Cunha abrir logo o processo de escolha do novo presidente através de um acordão entre os partidos aliados e alinhados com o golpe para paralisarem o processo.

Cunha por sua vez estava em uma situação desesperadora e no limite de se equilibrar no cargo e quer através desse novo acordão tentar se livrar da cassação.

Manobras e mais manobras bem articuladas para que o objetivo principal se consolide que é o de afastar definitivamente a Presidente eleita democraticamente Dilma do governo para que eles, os golpistas, possam criar as condições necessárias para a criação do país que os corruptos almejam.


Mas não vai ser tão fácil assim...Resistiremos bravamente!


Professor Augustão do Revir@volta